Revista Sábado, 6 a 12 Abril 2017

A Revista Sábado de 2 a 17 de ABril de 2017

Sábado_Nº_675

TODAS AS SUSPEITAS SOBRE SÓCRATES:

As 103 páginas de crimes imputados ao ex-primeiro-ministro e as despesas estranhas.

Sábado_Nº_675

Conteúdo:

Entrevista:

Diogo Medina Hepatite A: os perigos e os cuidados a ter (página 26)

Destaque: Sócrates Tudo o que se passou nos interrogatórios (32 a 40)
Portugal: Governo Pedro Nuno Santos articula PS, BE, PCP e PEV (48)
Reforma: Leis que deixaram de fazer sentido (54)
Autarquia: Sobral de Monte Agraço: uma família na câmara (58)
Mundo: Terrorismo Os inimigos islâmicos da Rússia de Putin (60)
Dinheiro: NovoBanco Bluffs, noitadas e maratonas negociais (62)
Segurança: Contrabando Gangue trazia para Portugal tabaco da Tailândia (66)

Sociedade:

Cáritas Fernanda Jardim, as polémicas da fundadora (68)
Tendência:  A terapia do secador relaxa e adormece (73)
Primeira pessoa: As diferenças entre duas gerações de cirurgiões (74)
Polémica: Tour aos locais dos mafiosos indigna população (77)
Stradivarius: Min Kym e o roubo de 1 milhão que deu um livro (78)
Pré-publicação: Peregrinos – as histórias de quem vai a pé a Fátima (80)
Família: Casais O que devem discutir antes de serem pais (82)
Social: Brunei Filho do sultão tornou-se o sex-symbol da Ásia (84)
Desporto: Golo1.000 As 11 equipas que atingiram essa marca na I Divisão (86)

 

 

Livro Branco sobre o Futuro da Europa

Um livro recente (Março 2017) sobre o futuro da Europa

Livro Branco sobre o Futuro da Europa

Prefácio

Em 25 de março de 2017, os 27 líderes dos Estados-Membros da União Europeia encontrar-se-ão em Roma, unidos pela paz e pela amizade.

Esse acontecimento constitui, por si só, uma conquista que muitos julgariam impensável quando os seis Estados-Membros fundadores assinaram os Tratados de Roma, há 60 anos.

Ao celebrar este aniversário, unimo-nos em pensamento aos nossos predecessores, cujo sonho para a Europa se tornou uma realidade. É chegado o momento de nos determos com orgulho nas nossas conquistas e de evocar os valores que nos mantêm unidos.

Mas Roma deve igualmente marcar o início de um novo capítulo da nossa história. Avizinham-se importantes desafios para a nossa segurança, para o bem-estar das nossas populações e para o papel que a Europa será chamada a desempenhar num mundo cada vez mais multipolar. Terá de ser a Europa, unida a 27, a traçar o seu próprio destino e a forjar uma visão para o seu futuro.

O presente livro branco constitui o contributo da Comissão Europeia para este novo capítulo do projeto europeu. Queremos lançar um processo em que a Europa é a protagonista do seu próprio destino. O nosso objetivo consiste em identificar os desafios e oportunidades que temos pela frente e apresentar as diferentes opções de que dispomos para responder em conjunto a tais desafios.

Após um amplo debate, que se realizará à escala europeia nos próximos meses e no qual participarão o Parlamento Europeu, os parlamentos nacionais, as autoridades locais e regionais e a sociedade civil em geral, darei seguimento a estas ideias e apresentarei as minhas considerações pessoais sobre o futuro da Europa por ocasião do meu discurso sobre o estado da União, em setembro de 2017.

Contribuiremos assim para que o Conselho Europeu chegue às suas primeiras conclusões no final do ano e decida sobre as medidas a adotar ao longo do período que precede as eleições para o Parlamento Europeu, em junho de 2019.
Ao decidirmos qual a via a seguir, devemos ter em mente que a Europa tem sempre dado o melhor de si quando estamos unidos, determinados e confiantes na nossa capacidade de conceber em conjunto o nosso futuro.

A União Europeia mudou as nossas vidas para melhor. Temos de assegurar que continuará a fazê-lo para todos aqueles que nos sucederão.

Jean-Claude Juncker

Livro Branco sobre o Futuro da Europa

The Complete Guide to Sugar Around the World | SAVEUR

Sugar is a many splendored thing—here’s your global tour of the essential sweet stuff

via The Complete Guide to Sugar Around the World | SAVEUR
http://www.saveur.com/global-sugar-guide?EublTGkUyOggJ3gp.21

Brown sugar was for cookies. The white granulated stuff went on Cheerios, where it piled like a snow drift, and confectioners sugar was for the French toast my dad cut in strips on weekends.